Febre Maculosa

Dr. Angelo Bannack

Atualizado há 5 meses

A febre maculosa é uma doença causada por uma bactéria presente em carrapatos. Apesar de ser mais comum nos Estados Unidos, ela também está presente no Brasil. Os sintomas característicos são febre, dor de cabeça e manchas pela pele, que aparecem alguns dias após caminhar em áreas rurais que tenha a presença de carrapatos contaminados. Se não tratada pode levar a morte.

Neste artigo você vai entender como se pega a febre maculosa, quais os sintomas, como é feito o diagnóstico e o tratamento. No final eu explico como evitar se contaminar e quando procurar um médico. 

*Prefere assistir? O conteúdo deste artigo também está disponível no vídeo abaixo. 

Vídeo: FEBRE MACULOSA: Como se proteger

Teve contato com CARRAPATOS? Cuidado, pode pegar FEBRE MACULOSA

O que é a Febre Maculosa?

A febre maculosa (Rocky Mountain spotted fever em inglês) é uma doença que pode ser letal e é causada por uma bactéria que vive em alguns tipos de carrapatos. É uma doença mais comum nos Estados Unidos, Canada, México e América do Sul, incluindo Brasil, Argentina, Bolívia e Colômbia. 

Os carrapatos são normalmente encontrados em regiões rurais e se alimentam do sangue de animais, incluindo eventualmente os humanos. 

Como se pega a Febre Maculosa?

Para se pegar a doença é necessário ser mordido por um carrapato que esteja contaminado pela bactéria que causa a febre maculosa, a Rickettsia rickettsii. O carrapato pode ficar até 10 horas grudado no corpo e se alimentando do sangue. Ele libera a bactéria pela sua saliva.

Acredita-se que é necessário um contato por muitas horas com o carrapato para se contaminar. Pessoas também podem se contaminar ao serem mordidas ou entrarem em contato com fluídos do carrapato ao tentar tirar os carrapatos da pele ou da roupa. 

Quais os sintomas?

Uma vez contaminado com a bactéria, leva-se de 2 a 14 dias para o aparecimento dos sintomas, que incluem: 

  • Febre 
  • Dor de cabeça 
  • Manchas na pele (rash) 
  • Náuseas com ou sem vômito 

Em alguns casos pode aparecer: 

  • Dor na região da barriga 
  • Dores musculares ou nas articulações  
  • Sangramento 
  • Inchaço 
  • Confusão mental 

Se não tratada a doença pode evoluir para uma inflamação no cérebro (encefalite), acúmulo de líquido nos pulmões, dificuldade para respirar, arritmias cardíacas entre outros. E nesses casos pode levar à morte. 

Como sei se estou com Febre Maculosa?

Para se diagnosticar a doença é necessário detectar a presença da bactéria no sangue ou na pele. Porém, como é uma bactéria difícil de cultivar em laboratório, somente exames de análise de PCR, que amplificam as bactérias, podem permitir detectá-las precocemente. 

Depois de cerca de 14 a 21 dias com a doença (às vezes menos) é possível encontrar anticorpos (IgG e IgM) contra a bactéria Rickettsia rickettsii. 

Porém, isso só vai permitir confirmar o caso tardiamente, pois depois desse período a doença já terá sido tratada e curada ou o desfecho pode ter sido fatal pois o tratamento não foi estabelecido a tempo. 

Como é feito o tratamento?

O tratamento é feito com antibióticos. É possível que o médico prescreva mais de um antibiótico se houver suspeita de outra doença como meningite, pois os sintomas podem se confundir. Um antibiótico para tratar a suspeita de febre maculosa e outro para tratar a suspeita de meningite, até que o resultado dos exames investigativos fique pronto. 

A maioria das pessoas se cura sem sequelas quando o tratamento é iniciado em até 5 dias do início dos sintomas. 

Não há vacina para se proteger contra a febre maculosa. Porém, quem já teve a doença acaba adquirindo anticorpos que permanecem no corpo por muitos anos. E é possível que nesse caso a pessoa acabe ficando imune à doença. 

Como se proteger

Algumas dicas para evitar a doença ao circular por áreas rurais, especialmente aquelas com carrapatos: 

  • Use camisas de mangas compridas e calças compridas. 
  • Roupas claras facilitam a visualização dos carrapatos. 
  • Coloque a calça dentro das meias ou se preferir prenda a barra da calça com elástico. 
  • Use repelentes. 
  • Após o passeio, inspecione a pele e o couro cabeludo para ver se não existe algum carrapato. 
  • Se tiver, remova-os com cuidado para não os esmagar. Evite contato com sua pele. Use uma pinça, mesmo que improvisada com alguns gravetos. 
  • Jogue o carrapato no vaso sanitário. 
  • Os cuidados valem tanto para adultos quanto crianças. 

Se você ficar com febre, dor de cabeça ou manchas no corpo alguns dias depois de ter feito uma viagem ou passeio no campo, procure um médico ou um pronto atendimento imediatamente para uma avaliação. 

O diagnóstico pode levar dias para sair, mas o tratamento empírico iniciado precocemente e baseado na história e nos sintomas pode salvar vidas. 

Conclusão

A febre maculosa é causada por uma bactéria que vive em alguns tipos de carrapatos. Os principais sintomas são: febre, dor de cabeça e manchas no corpo, que aparecem alguns dias depois de ter contato com carrapatos contaminados em áreas rurais. A doença pode ser fatal, mas tem cura se tratada com antibióticos o quanto antes. Use roupas compridas em áreas rurais e se encontrar carrapatos em seu corpo, os retire com a ajuda de uma pinça sem esmagá-los. Se tiver sintomas poucos dias depois de ter feito uma viagem ou passeio no campo, procure um médico imediatamente.

Se ficou com dúvidas, comente aqui ou nas redes sociais.

Um forte abraço.

Dr. Angelo Bannack - Médico de Família

Dr. Angelo Bannack

Sou um médico que gosta de escrever, curte tecnologia e que valoriza a ciência como o caminho para a nossa evolução. Como Médico de Família, atendo em meu consultório particular em Curitiba e em consultas domiciliares, ajudando as pessoas a manterem-se saudáveis, com check-ups regulares, orientações e contribuindo no processo de diagnóstico e tratamento da grande maioria dos problemas de saúde.

Escreva um comentário